Há um país onde a justiça se encontra de tal forma absurda que há casos diariamente onde as injustiças e ou a penas de prisão aplicadas são algo capaz de tirar a pessoa mais calma do mundo numa pessoa revoltada. Esse país, caso ainda não tenham chegado lá, chama-se Portugal.

Existem inúmeros casos de pedofilia neste país, muitos deles de vizinhos e familiares para com estas crianças inocentes que ficarão para sempre com uma marca nas suas vidas… mas, quando são apanhados e presentes ao tribunal a justiça… mais parece uma injustiça. Na realidade não parece, é mesmo.

Quantos casos não vimos nos telejornais e jornais de pedófilos que no dia seguinte estão em liberdade a aguardar julgamento? Outros casos que ficam presos preventivamente, mas na hora do julgamento o Sr. Juíz diz que com certeza que errou mas até mostra algum arrependimento e ou não estava bem psicologicamente, vamos dar-lhe uma nova oportunidade: 3 anos de prisão… suspensa! Isso mesmo, o pedófilo fica em liberdade com prisão suspensa. Mas temos casos em que chegou a ser 5 anos de prisão suspensa.

Agora pergunto Sr. Juiz se a sua filha(o) tivesse sido violada por um vizinho… e esse vizinho fosse preso ficava contente, correto? Contente no sentido em que pelo menos essa pessoa encontra-se privada de estar próxima da sua filha. Mas e se depois do julgamento verificar que o sujeito encontra-se novamente à solta, na sua rua, bairro ou whatever? Excelente não é? Claro que não!

Mas depois vejamos outros casos, como este aqui, tudo bem que a malta plantou canábis e inclusive disse pensar tratar-se de açafrão… mas no meio disto tudo até podem ter a sua razão quando na realidade quem mandava plantar era um terceiro sujeito. Mas nem vamos entrar por aí…

Não sendo a favor nem contra as drogas, obviamente que comparar a plantação de canábis com pedofilia é a mesma coisa que comparar alhos com bogalhos. Mas, no caso das drogas, como este caso, apanharam nada mais nada menos do que 5 anos de prisão efetiva. Isso mesmo: 5 anos por terem plantado canábis enquanto que o pedófilo tranquilamente fica com pena suspensa.

Obviamente não querendo ferir susceptibilidades o código penal devia ser revisto. Tantos casos como estes e que podia enumerar aqui que são de ficar com a boca aberta. Um país que recebeu há dias o Papa em Fátima e ganhou um Festival da Eurovisão, ficando na boca de todo o mundo depois tem uma justiça destas.

São só os meus dois cêntimos.

E tu, o que achas destas duas situações? Desafio-te a deixares a tua opinião nos comentários abaixo.

Ass. Cronista Louco