Na prática não há nenhuma legislação específica que proíbe o condutor de fumar enquanto conduz. Mas não significa que não esteja livre se ser multado, isto porque existe uma leia em que um agente da autoridade pode interpretar para te multar por estares a fumar.

É no Artigo 11 do Código da Estrada que na alínea nº 2 refere  “os condutores devem, durante a condução, abster-se da prática de quaisquer que sejam suscetíveis de prejudicar o exercício da condução com segurança”, com uma coima prevista entre 60 e 300 euros.

Na realidade fumar é quase um reflexo para o fumador, sendo difícil que a linguagem corporal do condutor venha a indicar que esteja distraído. Mas os movimentos associados ao fumar, podem levar a que o agente decida multar-te. Na prática isso refere-se ao facto de acenderes um cigarro com um isqueiro, requer que olhes para o mesmo e faças vários gestos com a mão e o braço. Para além disso o olhar para o cigarro em vez de prestares atenção à estrada poderá levar que as autoridades vejam isso como motivo para aplicar a coima acima referida.

Não menos importante, o facto de se atirar cinzas ou beatas pela janela também pode resultar em multa, desta vez é o Artigo 79 do Código da Estrada, que proíbe o arremesso de objetos pela janela do carro, uma vez que podem causar um acidente ao atingir outros veículos ou transeuntes. Neste caso específico do cigarro, há ainda o risco bastante elevado de incêndio (fagulhas). Neste caso sempre é melhor jogar pelo seguro de todos e colocares a beata no cinzeiro do teu carro.

Já sabes, cuidado e atenção quando estás a conduzir e te apetece aquele cigarro. Os motivos acima referidos podem trazer-te uma multa.

Fonte: Motor24